Estrada Sem Lei — MFC Resenha

 

Estrada Sem Lei

 

MFC Resenha

 


 

Dirigida por John Lee Hancock (Fome de Poder; The Founder, 2016), Estrada sem lei nos apresenta aos famosos Frank Hamer, interpretado por Kevin Costner (Instinto Secreto, 2007), e Maney Gault, interpretado por Woody Harrelson (True Detective, 2014), dois Rangers do Texas que ficaram na história estado-unidense por terem colocado fim aos crimes dos ladrões Bonnie e Clyde.

 

Leia mais sobre como Woody Harrelson chegou a protagonizar True Detective aqui.

 

A princípio, a intenção era Robert Redford e Paul Newman protagonizarem o filme, porém, em razão do falecimento de Newman em 2008, Redford abandonou o projeto. Posteriormente, o filme acabou sendo produzido pela Netflix e foi lançado em sua plataforma no dia 9 de março de 2019.

 

The Highwaymen é um bom exemplo do gênero faroeste contemporâneo e, mesmo que se baseia na história de Bonnie e Clyde, o filme não se centra nesses personagens. Hancock deixa de lado a ação para focar nas suas intenções narrativas, que são o progresso lento da investigação e a posterior localização dos criminosos, com um roteiro mais próximo ao caso real.

 

Embora seus personagens não sejam explorados em grande profundidade, as atuações de Kevin Costner e Woody Harrelson são as melhores características do filme. Ambos nos apresentam dois homens mais velhos, inadequados para um novo trabalho, cada um lidando com a aposentadoria de forma diferente. É muito interessante observar como estas realidades se interagem e encontram um meio termo no estoicismo que os personagens encaram no novo desafio.

 

Com um ritmo que às vezes parece lento, as cenas mais se destacadas do filme são, geralmente, as focadas nas atuações chaves dos atores principais. A história acaba sendo uma preparação para a execução de Bonnie e Clyde, nos dando um final bastante efetivo, filmado no mesmo lugar onde aconteceram os eventos em 1934.

 

Como a de muitos outros criminosos, a história de Bonnie e Clyde foi romantizada através dos anos. Estrada sem lei quebra o mito da dupla como um tipo de Robin Hood e aposta em um filme mais próximos aos fatos. Recomendamos o filme se você quiser aprender mais sobre a história da dupla criminosa ou se procura desfrutar um pouco do faroeste contemporâneo.